Tati chupando a vara grossa

Tati chupando a vara grossa

Tati chupando a vara grossa

Ela veio por traz de mim, com uma mão ela colocou em minha buceta, a outra em meus peitos tudo por cima da roupa e sussurrou em meus ouvidos, meio chupando, meio mordendo e meio falando: sonhei com você esta noite inteira.

Elas podiam passar no nariz dele com a minissaia mais curta do mundo que ele nem levantava os olhos.

Bianca meteu com Diego até ele gozar.

Quando Sandra começou a respirar mais profundamente, posicionei-me entre suas pernas e comecei a chupá-la, ora lambendo entre seus lábios , ora enfiando minha língua dentro dela.

Foi quando engasguei! Ela disse, calma, você acostuma! Eu fiquei sem graça, mas segui chupando aquela enorme pica, maravilhosa! Eu alternava, chupadas, lambidas, acariciava as bolas e ela foi ficando louca de tesão! Minha boca já não aguentava mais chupar aquele pauzão!E depois de uns 15 minutos ela disse que iria gozar! Tirou o pau da minha boca e esguichou aquele leite quente, gostoso, na minha cara! E cheguei a gritar de tesão com o banho de porra que tomou! E claro, meu pau já estalava de duro!Foi quando ela buscou uma fita métrica e disse, você não sabe medir seu pau! E colocou a fita nele e disse, tem quase 20CM (19,5)! Eu fiquei feliz e disse: Acho que só você conseguiu deixar ela tão grande! E falei, e a sua máquina quanto mede? Ela disse, 23CM. Tentando parecer o mais natural possível, me encaminhei em sua direção enquanto sentia um leve comichão me assombrar as calças. Sei que ainda sou meio novo pra isso, mas aconteceu.

Então começamos a nos beijar loucamente, ela tinha uma boca tão quente e ardente que era difícil de recusar um beijo seu! A adrenalina corria solta no meu sangue de tão perigoso que era os pais dela acordar e flagrar tudo, mas a sensação era maravilhosa.

Eu sorri e me virei para ele, mostrando minha rola bem firme e dura, menor e bem menos grossa que a dele.