Vagabunda Casada Fala Que Tá Tomando No Cuzinho Enquanto Seu Marido Corno Grava

visualizações

28 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Vagabunda Casada Fala Que Tá Tomando No Cuzinho Enquanto Seu Marido Corno Grava

Vagabunda Casada Fala Que Tá Tomando No Cuzinho Enquanto Seu Marido Corno Grava

Passado alguns minutos o meu marido mandou eu sentar na piroca do negão, eu obedeci e fui para cima dele sentar com muita vontade enquanto o João me chamava de vadia e o meu marido me chamava de vagabunda. Quando senti se pau rasgando meu cuzinho, soltei um grito, o empurrei e pulei da cama, chorando de dor. Imobilizando-me com um abraço que era quase uma gravata, ele empurrou o que ainda restava daquele salame nas minhas entranhas. Fui p/ o meu quarto dormi quando lembrei de pegar minha escova de dentes em meu banheiro onde ela tomava banho…de porta aberta…chega eu lá e a pergunto pra que ela era tão exibida,já que na boate ficava se insinuando pra todos os caras que pra ela olhavam,e ela com a cara mais ingenua do mundo disse:pq a preocupação comigo?vc não passa de um tio ausente que se faz de bobo pra viver e que só dá mancada! pq me cobra algo que vc não pode me dar um retorno?e sai pq eu tô tomando banho e eu sou menina e vc é homem…sabia q era isso q ele queria e logo colokei ele de 4 apoiado na pia do banheiro e fui comendo ele enfiando cada cm de minha pica nele e bombando no rabinho dele! ele gemia e disse q era a melhor coisa da vida dele!Conheci um cara lindo no shopping e resolvi que queria sentar no colo dele. Não conseguia me conter de tanto tesão até que ela envolveu suas pernas em torno das minhas e começou a subir e descer no meu pau, enquanto eu a auxiliava segurando seu delicioso bumbum.

KkkkMarido: – Com você duvido que ele vai broxar.

– Ele falou sabendo que não seria capaz de fazer isso, preferia muito mais o papel do corno manso.

"Boa noite e meu primeiro conto aqui entao espero ser claro e que voces gostem, pois bem me casei cedo e ela e ta igreja e então sexo so o convencional, usarei nomes falsos deixa eu me apresentar me chamo Diego na época eu tinha 23 anos sou Moreno 1,79 e com 90 kg eu já não vinha com o casamento legal pois eu queria algo a mais foi então que conhecia a Fernanda numa sala de bate-papo meses de passaram e as coisas ficaram quentes primeiro mês conversar depois nas fotos, passamos pra web e até sexo virtual entao não aguardávamos mais e fomos nos encontrar no caju rj um lugar bem movimentado ela era casada também mais falava que o marido não a agradava na cama então no encontro nos vimos e conversamos por uns 5 minutos e não aguentamos vamos pra um motel eu cheio de tara de tudo que falei,vi e ouvi ja sabia oq fazer quando entramos eu fechei a porta e ela nem teve reação pois eu já a peguei por trás colocando ela contra a parede e segurando seu cabelo já apertando seus saio que eram durinho que por sinal ela tinha leitinho pequenos e uma bundinha pequena mais uma buceta e um cu maravilhoso ela já sabia o que eu queria mais ela nunca tinha feito anal ainda então ela falava vai acaba com sua puta eu joguei ela na cama e comecei a chupar sua buceta lisinha e seu grelinho alta se virava de lado para o outro gemendo e gritando vai acaba com a sua puta e eu comecei alternar em chupar seu cu e a buceta ai ela eloqueceu de verdade segurava minha cabeça forçando contra a sua buceta e falava vai me faz gozar e quando percebi estava contraindo seu corpo e liberando seu melzinho na minha boca ela ficou toda mole na cama eu então pequei sua cabeça e truxe até meu pau e já fui enfiando na sua boca ela chupava como se fosse uma Bezerra eu urrava pois ela chupava e olhava pra mim quando mais eu urrava ela chupava com mais vontade depois de uma 5min eu não aguentei e gozei na sua boca ela se assustou pois seu marido nunca gozou na b9ca dela mais ela estava louca continuava a chupar e derrepente ela parou olhou pra mim com meu pau na boca e engoliu aquilo me deu um tezao que ja tirei e fui logo botando ela de quatro e metendo numa estocada so meu pau todo na sua buceta eu metia como um animal meu pau entrava e sai meu saco batia na bunda dela eu segurava seu cabelo e batia na sua bunda ela estava louco ja tinha uns 20 min e ela tava quase gozando ai me aproveitei ela gritou vai caralho vai que vou gozar porraaaa eu então parei e fiquei com meu pau todo dentro dela ela ficou puta e gritava vai caralho me fode arromba sua puta me fode caralho quero gozar eu fui no ouvidinho dela e disse quer gozar minha puta quer e ela com a voz trêmula disse quero me fode vai eu disse me da oq eu quero sa não eu paro agora e vou embora ela começou a balançar a cabeça enorma de não eu voltei a meter nela e ela urrava isso caralho vaiiiii vou gozar porra eu parei ela louca falava ai caralho me faz gozar e eu então falei implora pra mim comer seu cu ela louca olhou e disso vai arromba meu cu seu filho da puta eu peguei e encostei meu pau no cuzinho virgem dela e eu brincava passando o pai no cu e na buceta até que ela abixou a cabeça deixando sua bunda bem empinada e falou vai caralho seu filho da puta come esse cu eu encostei e forcei um pouco mais estava muito apertado mais ela estava louca e gritou vai caralho soca no meu cu porraaaa eu então forcei e ela veio com o cu contra meu pau no que entrou de uma vez ela gritou caralhoooooo filho da puta de me rasgando Eu parei ela me deu um tapa e disso agora acaba comigo e me faz de sua puta ai eu comecei a bombar ela louca gritava isso caralho que delícia foda meu faz virar sua puta quando eu sentir seu cu contraindo meu pau dentro do seu cu e no que ela levantou a cabeça e urrou caralhoooooo to gozandoSei filho da puta e gozou mouito pelo cu no que eu comecei a meter três dados na sua buceta e fudia junto com meu pau no cu dela ela ficou louco e gritava caralho to gozando pelo cu e pela buceta ela começou a gozar feito louca eu então medo fundo e gozei ela apertava meu pau com o cu e a buceta contra mais dados eu então enchi o cu dela de porra vai pro lado e respirando ofegante ela virou e falou meu cu e seu todo seu… espero que gostem até a próxima.