Vai Corinthians – Loira Rabuda De Quatro Pelada

7 segs

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

7 segs

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Vai Corinthians – Loira Rabuda De Quatro Pelada

Vai Corinthians – Loira Rabuda De Quatro Pelada

Ele puxou meu cabelo com força.

Depois de algum tempo mandou que eu ficasse de quatro na beira da cama e apontou quase 20 cm de tora na direção do alvo, meu cuzinho. ”, falou, batendo a mão com a amiga loira.

Passava a lingua em movimentos rápidos e contínuos, circulando meus mamilos e de vez enquando dava uma mordiscada na pontinha me deixando totalmente entregue a um tesão intenso.

Rafael baixou minha calcinha e mamava nos meus seios.

Ele deslizou macio pra dentro e começaram a foder ali mesmo no carro.

Apertamos o passo e chegamos ao pomar. Ambos eramos atletas de artes marciais na mesma equipe.

Um dia estavamos em casa conversando e contei a ele sobre a gostosa que conheci no puteiro,contei em detalhes o que aconteceu,que havia comido ela gostoso do jeito que queria e ele logo ficou todo animadinho,deu uma apertada no seu pau e disse:Eu também quero comer com vontade essa putinha.

Então eu falei:– Você não quer que eu conte pro meu pai que você jogou toda a confiança que ele tinha em você, no lixo?– Sim, eu faço qualquer coisa. Por enquanto, ele iria apenas saber, mas um dia ele iria querer ver também.

(escrito por Kaplan)Ele percorria meu corpo com suas mãos afobadas, procurando buracos de bala.

a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias…. O Pedro era parecido comigo, olhos verdes, e cabelo loiro, mas bastante magro, apesar de ter um corpo legal, ele era absolutamente tímido, não conversava com ninguém e apenas comigo e nosso irmão mais novo, e nossos pais, mas mesmo assim, era pouco, ele era bonito, e só não arrumava namorada por sua timidez, e ele era muito nerd, daqueles que só ficam no pc e provavelmente nunca tinha visto mulher pelada, nem no pc, e eu tinha quase certeza que ele nunca tinha se masturbado e nunca tinha gozado, e é por aí que a história começa.