Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Pretinha Bunda Grande Gemendo Pra Valer Nessa Foda Gostosa Com Amigo Do Trabalho De Nova Friburgo – Rj

5 min

Categoria:

Tag:

visualizações

5 min

Categoria:

Tag:

Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Pretinha Bunda Grande Gemendo Pra Valer Nessa Foda Gostosa Com Amigo Do Trabalho De Nova Friburgo – Rj

Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Pretinha Bunda Grande Gemendo Pra Valer Nessa Foda Gostosa Com Amigo Do Trabalho De Nova Friburgo – Rj

Eu te falei: agora quem vai gozar é o negão, porque to sentindo esta bucenta muito gostosa engolindo meu pau, vc: então goza negão porque já tá me fazendo gozar novamenteeeee!!! goza negão você vai gozar na buceta que vc tanto desejou e eu to aqui gozaanddoooo novamenteeeee!!!!! Eu gozei gemendo, uranno e ouvindo seus gemidos e gritos de gozosss, me chamando de safado e eu te falava: vamos sua putinha safadinha que gosta de uma pica e sabe o que é uma boa sacanagem!! gozamos loucamente, gritadamente, selvagemente,doidamente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! VOCÊ É FODA SAFADINHA!!!!!!!!!!!!!!!! ME DEIXA DOIDÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!– Tá gostoso Marina?Fala sua safada!Fala que você está gostando,vai manda o meu maridinho me mostrar que você deixa ele com mais tesão do que eu! – Opa opa opa…era um desafio,pisquei para ela levantei da mesa, virei toda a cena eu com os peitos pra fora sem pudor algum,encostei ele de na parede dancei pra ele colada em seu corpo sentia o pau dele duro roçando em minha bunda, esse tesão inexplicável me transformou na puta que eles tanto procuraram em mim,e já que ela estava ali invocada por pedidos dela e dele resolvi me comportar como uma! Caí de joelhos, e chupei aquele pau de respeito como se fosse o último boquete da minha vida,deixei ele todo melado em varias lambidas, cuspi na cabeça, engoli até engasgar, e fiz de novo até não engasgar mais, sentia as mãos dele me forçando ao seu encontro,enrolando meu cabelo em seus dedos,e sendo chamada de sua putinha,que era assim que ele gostava bem obediente e sacana e cada vez que ele falava comigo eu buscava seu olhar, e nada mais delicioso do que encarar um homem que te excita no boquete,a Clara assistindo tudo se masturbando e soltando todas as putarias imagináveis:Marta, Deitada, na cama onde fora estuprada de forma tão selvagem pelos tarados sádicos, muito lentamente, estava saindo do estado de torpor e passou a chorar em desespero total. Eu fiquei ali atônito sem reação olhando pra ele e sentia que aquela tinha sido a experiência mais gostosa que vivi (não sabia que era tão gostoso brincar sem roupas…rs!) e já estava planejando a próxima com ele mas isso fica pro próximo conto, ok?""Olá Pessoal esse conto realmente aconteceu comigo, porém os nomes estão trocados para não prejudicar ninguém, tenho 29 ano meu colega de trabalhe e filho do dono da empresa se chama Felipe tem 28 anos, sempre achei ele gato, charmoso e muito gostoso, mas fiquei na minha pois ele é casado, no final de 2013 tivemos uma festa de confraternização entre funcionários e representantes importantes da empresa, esse dia todos estávamos nos divertindo, até que teve uma certa hora sem mais sem menos nem sei porque eu fiz aquilo, sendo que só havia bebido 1 taça de espanhola, dei um tapa na bunda do Felipe ele lógico ficou sem graça mas só estava nos 2 nessa hora então ninguém viu e ficou por isso mesmo, em janeiro de 2014 ele me chamou na sala dele e comentou sobre o tapa dando risada disse é senhorita Caroline vai ter volta o tapa que você me deu, lógico que me fiz de louca, dizendo que tapa, então ele até me perguntou se eu tava bêbada pra não lembrar eu ri disse para nem te bati direito, ri fiquei sem graça e pedi licença, passando uns dias Felipe começou a me olhava e dizia vou descontar, até que no dia 16 de janeiro de 2014 eu fui almoçar fora com minha amiga mas antes de eu sair Felipe me chamou na sala dele ele estava encostado na parede e me perguntou que horas eu ia retornar do almoço e que eu estava muito linda fiquei sem graça avisei que entre uma hora e meia estava de volta então ele espero eu me virar e me agarrou por traz porém ele não me deu um tapa sim apertou minha bunda e logo em seguida fazendo eu senti sua ereção, mas não rolou nada pois minha amiga havia chegado pra gente almoçar e no meu almoço pensei nele naquela pegada que ele me deu, quando voltei do almoço ele deu uma saída e pediu que eu ficasse até ele voltar, pois como eu era a secretária do pai dele e ele precisava resolver alguns detalhes de alguns clientes e o pai dele estava fora, ele que estava tomando conta da empresa, quando ele voltou pediu para que eu fosse na sala dele, detalhe todos já haviam ido embora apenas estava eu e ele, foi ai que ele me beijou que perdi o fôlego, mas ai ele parou pedindo desculpas pois era casado, mas que eu mexia com ele, sem jeito fui embora pois gostei do beijo dele e da pegada dele. Caro leitor amigo, leia antes meu conto anterior / Problemas-Comendo a sobrinha. Tudo começo quando agente foi passear em uma pracinha que tinha perto da minha vo quando vimos dois cachorros transando na época tínhamos 11 anos e não sabíamos o que era aquilo de pois fomos em bora eu lembrando da cena fomos brinca e perguntei se ela queria brinca de cachorrinho ela lógico aceito e logo fiquei em cima dela pra fazer igual ela disse mais vamos fazer igual o da pracinha tira a roupa ele tava colocando o negócio no outro e vc tem um parecido primo eu fui e subi nela e coloquei logo meu pinto na bunda dela ela disse que gostoso brinca disso ela viu meu pinto duro e disse vai primo eu fui e comecei a esfrega nela ela rebolava e tava bom e não gozava ainda mais mesmo assim fui ótimo lambi o rabinho dela aquela bunda pretinha pois ela é mulata bem gostosa e lambi sua buceta igual cachorro ela gemia e fico molhadinha em fim nossa vo nos chamos e tive que para mais teve mais nos próximos conto o que foi acontecendo durante esses anos""Ana Paula e Daniel se conheceram no colégio, começaram a ficar, de ficada em ficada, resolveram namorar sério, terminaram o colegial, entraram na faculdade.

ela estava de vestido e já tinha tirado a calcinha , se encostou na lateral do carro , abriu as pernas e caí de língua na Buceta que estava totalmente raspadinha e toda melada , ela começou a gemer pedindo para que não parasse de chupar até que ela gozou , mais gozou muito mesmo ,peguei uns lenços de papel e nos limpamos , seguimos viagem e ela falando que ainda queria gozar hoje outras vezes , paramos na subida da Serra e comemos um pão com linguiça e café , chegando em Friburgo , fomos direto para o Hotel que já tinha reservado no Centro da Cidade , deixei ela lá e fui fazer o Serviço , almoçamos juntos , ela ficou passeando pela cidade e quando foi umas 16:00 , fui para o Hotel e ao chegar no quarto ela estava vendo tv totalmente nua , encostada no travesseiro na cabeceira da cama de pernas abertas com aquela visão maravilhosa da Buceta raspadinha dela , fui ao banheiro tomei um banho e voltei de pau duro , ela sentou na beira da cama e começou a mamar minha pica , coloquei um dos pés em cima da cama , segurei a cabeça dela e fiquei ajudando ela e mamar meu pau com aquela língua maliciosa dela , ela me deixava louco , pedi a ela para ficar de quatro , ela ficou de quatro com aquela bunda maravilhosa querendo ser fodida , então botei primeiro na buceta , enquanto metia o dedo no cuzinho dela para facilitar a penetração , ficamos assim por uns 2 minutos , tirei da buceta e coloquei a cabeça bem devagar no cuzinho apertadinho da minha cunhada , fui empurrando devagar até enterrar tudo , ela gemia e falava mete tudo , eu sou gulosa quero ele todinho no meu cuzinho , enquanto eu enterrava a pica no cuzinho dela , ela tocava uma siririca , gozamos praticamente juntos , tomamos um banho , fomos na cidade comer alguma coisa e 2 horas depois voltamos para o HOTEL , caímos na cama e metemos por quase uma hora , agora só na Buceta , acabamos de foder , eu estava com meu pau quase esfolando e ela com a Buceta toda ardida , foi uma das melhores trepadas que já dei , estou até de pau duro lembrando desse dia maravilhoso com a companhia da minha cunhada rsrs ….

Chegamos ao sitio por volta de oito da noite, assim que chegamos ela foi tomar um banho e eu fiquei a conversa com o caseiro sobre as tarefas da semana. Eu ficava esfregandominhas pernas uma na outra esentia minha micro calcinha de renda enfiar no meio dos meus grandes lábios.

"Deitamos Valéria na cama e me afastei, deixando Roberta sob o controle das ações. Trabalho em uma multinacional em Campos dos Goytacazes – RJ, e o que passo a narrar aconteceu comigo há cerca de três anos.

Lídia com aquela mini saia estava deliciosa e também coloquei as mãos na cintura dela e fiquei acariciando aquela barriguinha malhadinha, gostosa…Nisso Eliana deu a idéia de vermos televisão o quarto de nossos pais,lembrando que lá havia uma telão e seria melhor ficarmos mais à vontade,deitados naquela cama enorme.

Ele levantou me deitou na cama de pernas abertas e veio me chupar nessa hora sentia muito nojo mas ao mesmo tempo sentia minha buceta mwlar de novo bom ele chupava tao gostoso que eu esqueci do que estava acontecendo e me lambuzei com o meu gozo. Ele não tem vídeo nem um.