Video De Sexo Anal Amador Esposa Pelada Dançando Na Rola Amigo Do Marido Rio De Janeiro – Rj

visualizações

31 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Video De Sexo Anal Amador Esposa Pelada Dançando Na Rola Amigo Do Marido Rio De Janeiro – Rj

Video De Sexo Anal Amador Esposa Pelada Dançando Na Rola Amigo Do Marido Rio De Janeiro – Rj

Nos secamos e ficamos peladas mesmo, uma acariciando a bunda da outra toda vez que nos cruzavamos pela casa.

Um belo dia meu marido e eu fomos pra uma resenha em Rocha Miranda, chegando lá fiquei toda animada por ter música ao vivo e negoes interessantes também.

Minha amiga e o amigo foi pro quarto e começamos a ouvir os gemidos e tapas dos dois e o tesão começou a tomar conta da gente, começamos a beijar e o fogo tava demais e fomos pro quarto, ele começou a tirar minha roupa e eu a dele, ele tava me chupando me deixando cada vez mais molhadinha e louca pra ele me penetrar o mais gostoso possível, e me pprovocava roçando só a cabecinha, então meteu tudo com força e bem gostoso e eu gemia alto de tanto prazer que estava.

Não me interessei em saber os detalhes da surra, que foi custeada pelo meu bolso e o de Caio, mas vi o resultado: ficou todo doido, inchado, com uma luxação no punho e um corte no supercílio, apesar da atitude dele, que estremeceu nossa amizade, ela voltou ao normal dias depois apesar do ressentimento de Caio,o qual não dei a mínima importância,devido ao que ele me fez me sujeitar,me entregando para Cassiano,mas isso fica para o capítulo dezoito…Enviado: 18 de janeiro de 2004 11:54Olá, sou uma garota de 18 anos que adora ser chupada por tanto por homem quanto por mulher, adoro conversar sobre sexo e estou a procura de aventuras, fodas, fantasias Interessados deixem algum contato nos comentários, juro que não vão se arrepender. A campainha toca e quando vou atender era um amigo dele da escola, rosto feio e corpo bonito meu pau endureceu na hora e os dois ficaram me olhando e eu confesso que fiquei sem graça saí e deixei eles conversando, fui pro quarto assistir um filme, o Gabriel entra no quarto e pergunta se o amigo dele o Fábio pode dormir em casa eu disse que se a mãe dele deixasse ele poderia sim, ele já tinha ligado e eu concordei, eles voltaram pra sala e ficaram jogando vídeo game, fiz pipoca no microondas e dei um pouco pra eles o Fábio olhou meu volume eu levantei de lado como se fosse coçar e deixei mostrar um pouco meu pau só pra ele ver e fui pro quarto, ao lado do quarto tem o banheiro e a porta do quarto sempre fica aberta, quando o Fábio passou pra ir no banheiro ele deu uma olhada no quarto, coloquei a mão dentro da cueca e fiquei até ele sair do banheiro, quando saiu olhou de novo e foi saindo bem devagar, meu pau quase saltou da cueca querendo sentir o calor da boca do Fábio, fui de novo na cozinha e de barraca armada até o Gabriel olhou meu pau sentei no sofá, eles estavam no chão, fiquei olhando eles jogarem…mas o que aconteceu fica pro próximo conto, comentem.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. E no início do mês passado resolvemos fazer diferente, já havia combinado com minha esposa que se fôssemos na casa do meu amigo, ela iria sem calcinha, e um determinado dia resolvemos ir na casa dele, o avisei com antecedência e pedi que nos esperasse já no portão e assim o fizemos, ao chegarmos ele já estava com o portão aberto, só entramos e ele fechou e trancou. Chegando na festa logo começamos todos a beber e percebendo que o Junior começou a ficar bêbado comecei a me soltar, um dos amigos dele percebendo que eu tava toda soltinha pediu pra dançar comigo e o Junior aceitou numa boa, logo quando começamos senti o pal dele bem duro na calça e roçando em mim, fui ao céu senti que era grande mas fingi que não percebi nada e continuamos dançando, e ele começou a passar a mão na minha bunda e eu nada falando só dançando, a música terminou e voltei para o meu o Junior com a buceta encharcada, voltamos a beber e falei pra o meu marido que meus pés estavam doendo e que queria deixar o salto em casa e pegar uma sandália baixa, meu marido falou que estava bebendo e não iria, então dei minha cartada e falei que desse a chave da moto para o Davi que ele iria comigo e logo a gente voltava, meu marido tava tão bêbado que logo me entregou e lá fui eu chamar o Davi,que de prontidão já foi pegar a moto e fomos para a nossa casa.