Vídeo Porno Amador Gata Apertadinha Fazendo Um Anal Gemendo Alto Até Levar Uma Gozada No Cuzinho Marido Sortudo De Blumenau

4 min

Categoria:

Tag:

visualizações

4 min

Categoria:

Tag:

Vídeo Porno Amador Gata Apertadinha Fazendo Um Anal Gemendo Alto Até Levar Uma Gozada No Cuzinho Marido Sortudo De Blumenau

Vídeo Porno Amador Gata Apertadinha Fazendo Um Anal Gemendo Alto Até Levar Uma Gozada No Cuzinho Marido Sortudo De Blumenau

passamos um tempo conversando e ela começou a chorar e deitou no meu colo, mas o cacete ja estava duro desde a hora que entramos, ela sentiu aquilo na bochecha mas nao se importou, e continuou deitada chorando, foi onde comecei as investidas e ela no começo nao queria mas depois começou a aceitar, quando ela parou de chorar, ela me atacou com um verdadeiro beijo, erao que eu mais queria fiquei surpreso e dei um beijo de resposta e comecei a acariciar seu corpo, fui tirando a sua roupa e vi um belo corpo, que coisa mais linda, tirei seu sutien ela tinha um peitinho bem lindo nem grande e nem pequeno que ja cai de boca, ela toda molhadinha quando passei a mão na sua perna fui descendo devagarzinho e ela se contorcendo e gemendo bem baixinho, quando fui tirando a calcinha dela ou melhor o fiozinho que ela estava que visão que eu tive, bem depiladinha, toda lisinha e aquele grelinho rosadinho… eu juro que pirei… cai de boca e que delicia de melzinho que ela tinha, virgem, falei pra ela que seria meu presente, ela disse que sim pois o CORNO não tinha capacidade pra ter ela virgem… ai que eu pirei de vez… comecei a ensinar ela a chupar, no começo ela deu uma mordidinha mas foi aprendendo, fizemos uma posição 69 e ela adorou, gemia muito, tirei a virgindade dela na posição papai e mamae, ela gemeu alto e me arranhou quando deu a ultima fisgadinha da virgindade e pediu pra parar esperei um pouco ela se acostumar, ela começou a rebolar e começamos nao deu 3 minutos ela gozou, coloquei ela de quatro e continuamos e a safada adorando, pedi pra ela deixar eu comer seu cuzinho ela disse que outro dia, mas insisti e ela deixou, pensa que tesão de menina, gozei dentro dela, ela ficou muito brava , mas falei que compraria o remedio pra ela, acabamos e desfalecemos acordamos por volta das 8 da manhã,tomamos um banho mais uma foda rapida e levei ela pra casa dela… mandou mensagem que nao falariamos que ela nao deveria ter feito isso, passado dois dias mandou mensagem novamente que estava com muita vontade de foder comigo de novo… proximo conto eu continuo"Os leitores e leitoras já tomaram conhecimento de duas colegas/amigas nossas do tempo de faculdade, Márcia e Marisa, as primeiras bissexuais que conheci.

Ao chegar no quarto nos deparamos com aquele corpinho moreno apenas de calcinha e camiseta, não agüentei a excitação e pressionei a Ericka contra a parede, tirei seu biquíni e comecei a beijá-la, chupar seus seios, sua barriga até chegar a sua boceta de poucos cabelos e sabor maravilhoso… ela se contorcia de prazer fazendo a Zizi se acordar e logo passar as mãos em seus lábios vaginais. – Aiiii que buceta gostosa, apertadinha, quentinha, hmmm! Vaiii caralhooo!– Mete mais Bruno, vai com forçaaaaa!Então ele avisa que vai gozar e eu me viro de frente pra ele, ele goza tudo nos meus peitos e eu depois limpo tudinho.

Já Victor, foi o mais sortudo do grupo. Nós ouvimos o barulho do meu marido chegando, e rapidamente nos recompomos.

rnQuando a cabeleireira, a costureira e a maquiadora saíram meu sogro então disse:rn-minha putinha vadia está linda vestida de noiva…sempre tive tesão de comer uma noiva antes do casamento e agora quero fazer isso…vem…putinha ajoelha na cama…vou te comer…bem gostoso…rnNa hr pensei em recusar…achei muita loucura…mas em segundos senti meu grelo latejar e toda safada levantei a parte de trás do vestido e fiquei de 4 na beira da cama e disse toda sensual:rn-vem…meu macho safado…tira o cabacinho da noivinha…vem…come sua putinha…bem gostoso…seu tarado!rnEle puxou a calcinha do lado e de uma sá vez meteu aquele pauzão grosso e duro na minha bucetinha…dei um gemido e sem pudor rebolei naquela pica deliciosa…meu sogro metia que nem louco e dessa vez não conseguiu se segurar e gozou como um cavalo…enchendo minha bucetinha de porra fervente…quase desfaleci de tanto prazer…aquela loucura me levara a uma excitação incontrolável e gozei copiosamente.

ela deito de costas em uma mesa coloco as penas sobre meu ombros que me fez inclinar enfiando fundo e forte , ela estava gemendo e disse -rápido e forte – comecei a aumenta a velocidade e força e ao mesmo tempo acariciando os seios ,fiquei de joelhos na frente dela, ela deitada com a cabeça em uma almofada eu me apoiei com os braços pra tas amos com as pernas abertas pra facilitar a penetração rápida e forte “a espreguiçadeira” Lucya fico ligeiramente inclinada para o lado apoiando-se nos antebraços indo em direção doo meu pênis e dando o ri timo, meu metendo com força e ela indo rápido, enquanto massageio as coxas dela.

A partir daí comecei a trata-la como uma cadelinha e fui metendo que nem um louco vendo minha pica afundando dentro daquela ninfetinha que gemia, chorava, se contorcia, pedia mais e mais, e, numa rebolada mais forte ela soltou seu corpinho enquanto dava um gemido trêmulo, foi a primeira gozada de sua vida! July boquiaberta disse que queria também, então dei um longo beijo na boca de Andressa ( que estava extasiada) e puxei July para cima de mim para ensina-la a cavalgar. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Costumo acessar sites pornograficos, admirar corpos nus na internet, entrar em salas de chat apesar para me sentir desejada por aqueles que conversam comigo. Vivia indo na casa dele ás sextas á noite pra jogar vídeo game e sempre acabava dormindo lá á pedido da própria mãe dele. Mas tarde já em Blumenau saimos eu minha esposa e Convidamos ela novamente para ir junto e ela aceitou de pronto e mais uma vez eu vi ela em uma felicidade incrivel, Já no Hotel eu e minha esposa começamos a conversar e foi quando minha eposa comentou que A fabiana tinha reclamado com ela sobre o seu namorado, que nunca saia com ela, que quase nunca ia a praia e que o namorado gostava de trocar ela para sair com os amigos e que quase nunca procurava ela que sá transavam de vez em quanto, e perguntou se ela achava isso normal.