Vídeo Porno Amador Minha Vagabunda Peludinha Comendo Esposa Vagabunda Do Esposo Com Força Da Vila Da Penha – Rj

44 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

44 seg

Categoria:

Tag: , ,

Vídeo Porno Amador Minha Vagabunda Peludinha Comendo Esposa Vagabunda Do Esposo Com Força Da Vila Da Penha – Rj

Vídeo Porno Amador Minha Vagabunda Peludinha Comendo Esposa Vagabunda Do Esposo Com Força Da Vila Da Penha – Rj

A conversa seguia tensa e Tentei justificar, ela então pegou o notebook e me mostrou o vídeo que ela estava vendo e perguntou se era algo tão anormal, e não era mesmo, era apenas um vídeo de sexo entre homem e mulher e ela perguntou se eu também não gostava de ver e pediu para eu colocar um vídeo dos que vejo, para vermos se é tão diferente dos que ela via e eu fiquei falando que nada haver, foi quando ela explicou que casou virgem com meu pai, que adorava transar e que fazia falta demais para ela, porque ela e meu pai transavam muito e então ela disse de novo, para eu colocar um vídeo dos que vejo para eu provar o que “sou melhor”.

entrei em alfa……minha nossa!!!!! começei a pedir pra ele me foder de verdade…me comer como um animal…e assim ele fez…. O marido por sua vez olhava tudo sem participar, ele então foi para o banheiro e foi utilizar a sauna de lá ele ouvia sua esposa gemendo em minha pica e gozando por mais de uma hora comendo essa maravilhosa mulher demos uma pausa, ele o marido então voltou ao quarto e sentou na cama e disse: Não sei o que eu fiz sou apaixonado por minha esposa e trouxe ela aqui hoje para outro homem comer ela na minha frente, será que estou ficando doido, eu então para amenizar oi arrependimento dele disse, meu amigo você trouxe sua esposa para realizar sua fantasia e eu poder dar prazer a ela foi o que aconteceu ou não. Meus esposo tem apenas 22 anos, lindo!Antes de me casar com ele, eu era virgem e muito tímida, mas confesso que hoje sou o avesso disso tudo.

Acho que o humor desempenha papel fundamental. e novamente me agarrou, não demorou muito para que tirase toda sua roupa, ela estava deslumbrante, com um fio dental branco atolado em sua bundinha gostosa, cai de boca e comecei chupara aquela bucetinha gostosa que ja estava toda molhadinha, ela se retorcia toda de tesão, soltava suspiros de prazer e apenas dizia chupa a titia vai…não demorou para que ela caise de boca no meu pau, tia neide tava muito faminta por pica, chupava com força, parecia engolir meu pau, a coloquei de quatro e comei socar, não demorou para que a vadia se retorcese de tesão e gozase, fui no embalo e gozei na sua bunda também… acabamos nos deitando como se fosse um casalzinho apaixonado, tia Neide parecia estar carente, ficamos um tempo abraçados mas nao demorupara que Nedide caise de boca na minha pica novamente, coloquei em posição e fizemos um 69 maravilhoso,a bucetinha da tia Neide é uma delicia, ficamos um bom tempo nessa posição até que novamente comecei a penetrar, parecia que titia não fazia sexo a um bom tempo, pois não demorou a gozar, mas continuei socando foi uma foda sem limites, tentei penetrar em seu cuzinho rosado, mas naquele momento ela pediu que fodese apenas sua xotinha…prestes a gozar Neide caiu de boca fazendo gozar em sua bela boquinha, aquilo me deixou louco gozei como um touro, no momento o tesão tomou conta de mim e acabei a beijando toda suja da minha própria porra foi uma experiencia muito louca, após isso ja estava no horário próximo de minha priminha chegar, tomamos uma ducha rápida nos despedindo com um belo beijo e fui para minha casa….

Encaminhei cuidadosamente o assunto na direção que me favorecesse e logo estávamos apreciando vídeos de cunho profundamente pornográfico.

Ele foi socando no meu cuzinho cada vez mais rápido me chamando de vagabunda e sua putinha até que gozou deixando minha bunda branca de tanta porra.

tirou aquele absorvente e ficou examinando os lábios da buceta da minha esposa e eu do lado assistindo aquilo.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Depois dos peitos desci mais, e fui lamber aquela buceta peludinha, meti a lingua toda dentro dela, e ela começou a dar seus gemidos, colocava a mão na minha cabeça me empurrando conta a sua buceta, foi uma sensação ótima. -Tá gostando vadia… quer seu negão no seu cuzinho, vagabunda?, divertia-se.