Video Porno Caseiro Vagabunda Peitudinha Comendo Vagabunda Por Ficante Da Vila Da Penha – Rj

2 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , ,

Video Porno Caseiro Vagabunda Peitudinha Comendo Vagabunda Por Ficante Da Vila Da Penha – Rj

Video Porno Caseiro Vagabunda Peitudinha Comendo Vagabunda Por Ficante Da Vila Da Penha – Rj

O safado estava tirando sarro da aluna e a vagabunda estava deixando. DS ficou de frente para ela abriu suas pernas deu mas uma lambida e a penetrou ela apertou ele arranhou as costas dele e disse não aguento mais, com todo o carinho que tem por ela disse quer que eu pare ela com todo carinho dela respondeu claro que não caralho rs ele pois as pernas dela sobre o ombro e começou a bombar ela não podia gritar pois morava em uma vila me mordia te tanto tesão imaginei que ele já tinha gozado até por causa do tesão que tinha nela mas não se segurou firme pois ela de 4 e deu duas bombadas na xota dela segurando seus seios lindos ela arriou os colocou a bunda pro alto e o rosto no chão ele montou nela e voltou a bombar ela segurava os travesseiros e eu por baixo chupando seu grelo quando do nada ela falou puta que pariu que tesão e esse sai e bota no meu CÚ coisa que eu nunca dei nem pro meu marido não ela já tinha me dito que já deu mas não imaginava que ela iria dar fui a loucura tbm imaginei agora ele morre sem pestanejar ele foi devagar com carinho quando ela disse bota logo essa piroca em mim, ele enfiou com tudo o gel era lubrificante tbm alem de esquentar ela ariou na hora não aguentou soutou um gemido e ficou ali deitada ele metendo foi quando me surpreendi mas uma vez ela me chamou mandou eu deitar de frente pra ela abriu minhas pernas e começou a me lamber com carinho apesar de esta levando aquela pica no rabo gozei instantaneamente ela lambia todo meu mel meu marido falou que não aguentava mais que iria gozar ela se virou e disse goza cunhado goza mas goza na minha boca ele ficou louco puxou nos duas e nos deu seu leitinho quente nos beijamos dividindo toda aquela porra q no final ela disse que nojo rs e caímos exaustos um encima do outro ali ficamos sem falar nada um com outro.

Kelly passava pelo corredor do segundo andar a caminho do seu quarto quando ouviu os primeiros gemidos da nora, parou ao lado da porta para ouvir se era realmente aquilo que ela imaginara e ouvir a nora vagabunda se passando por mãe de Gabriel a deixou furiosa, queria invadir o quarto e mostrar que ela era a mãe, que era nela que Gabriel tinha que mamar, chegou a por a mão na maçaneta, mas desistiu, tentou ir para o seu quarto mas suas pernas estavam bambas. Ela dizia que queria dar pro caseiro, que eu seria seu corno e me perguntava se eu vi o quanto ele estava com tesão ao me ver daquele modo e dizia que queria aquela pica dentro dela e gozou gritando que eu seria seu corno manso. Vi voce comendo o cú dele e ele pelo jeito gostando, pois vi que ele tb.

antes de ver os video no dia tal ela tinha pesquisado , pesquisas tipo como dar o cu pela primeira vez coisas do tipoFui beijando ao lado daquele cu enquanto eu passava so a ponta do dedo pela entrada da bucetinha que estava inchada meio que fazendo cosquinha na pererecaOlá, quem já leu meus contos pode ter uma certeza, são todos verídicos acontecidos comigo e à s vezes com a participação de minha esposa.

Esse fetiche de assistir filmes pornôs sempre tive e gostava de ver todos os tipos de filmes sem preconceito nenhum.

Acho que o humor desempenha papel fundamental.