Video Porno De Sexo Brasileiro Enfermeira Siliconada Chupando Para Amigo Bem Gostoso Vazou No Whatsapp Video Caseiro

64 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

64 seg

Categoria:

Tag:

Video Porno De Sexo Brasileiro Enfermeira Siliconada Chupando Para Amigo Bem Gostoso Vazou No Whatsapp Video Caseiro

Video Porno De Sexo Brasileiro Enfermeira Siliconada Chupando Para Amigo Bem Gostoso Vazou No Whatsapp Video Caseiro

De uns tempos pra cá o desejo aumentou em ter uma mulher conosco na cama, graças a esse site de contos e os pornos. Fizemos nossa reunião, ficamos devendo uma cacetada de coisas para os auditores e, no restante do mês trocamos muitas informações e arquivos via e-mail e Whatsapp.

Eu estava na sala com o irmão dela e quatro amigos dele vendo eles jogar vídeo game. ""tudo começa quando pegamos um dia de clube, bebemos um pouco ela mari 1,67 1,15 de bunda morena cabelo lisoroupas sempre curtas, depois de tomar um banho de piscina fomos ao vestiário tomar uma ducha, ela no femininoeu no masculino, depois de lavar o corpo todo fiquei esperando por ela que estava demorandofui ao vestiario chamei ninguem respondeu, entao depois de uns 5 minutos ela disse estou saindo, entao fuiesperar na mesa, e nada voltei ao banheiro ela nao estava respondendo, tomei a coragem de entrar ja que nao haviamuitas pessoas no chuveiro, fui abrindo as portas para ver aonde ela estava, entao vi um box que estavacom o chao de borracha preto ate branco de goza de macho, todo esporrado no chao, logo imaginei que ela pudesseestar transando com alguem, passei a mao na goza,ouvi a voz dela na porta do banheiro entao fui olhar ela estava despedindode um amigo, esperei para que pudesse ouvir mais ela foi em direcao a saida, entao fui atraz dela e chamei, quando ela veio puxei elaenfiei o dedo cheio de gozo no cuzinho dela, a gostosa estava com o cuzinho todo lasciado, levou a propia goza da transa dentro do cusinhosem saber, ao chegar em casa eu disse que havia enfiado um gozo de outro macho no cuzinho dela, a xota dela escorria de tanto tesao quando falava nisso. Ganhei mais uma bela chupada lá e os garotos ficaram jogando vídeo game. Eles entraram,fizeram os exames normais e minha esposa falou que estava sentindo muitas dores nos seios devido ao excesso de leite; a enfermeira pediu para examinar e abriu o robe dela e tirou os adesivos que tapavam as auréolas dos seios da minha esposa;quando tocou nos seios minha esposa reclamou de dores. Ele tinha cara de bom moço mesmo, parecia interessado em mim…Ele sentado do meu lado, o cheiro dele me deixando louca…toda hora ele mexia no cabelo e eu só queria pular em cima dele!!!Ele começou a me perguntar sobre brasileiros, como eles agem quando querem ficar com alguém e tal…porque ele não conhecia nenhum. Toma conta de nosso sitio um caseiro de meia idade (entre 30 e 40 anos), mas ainda em pleno vigor físico. Começo de ano estava de férias e acabamos marcando o dito café, fui até a casa da tia Janeide e quando cheguei pude perceber que ela estava só, minha prima tinha ido a casa de uma amiguinha, enfim arrumou um belo café e nos sentamos, conversa vai conversa vem ela me convida para subir e ver algumas fotos no notebook, sentamos no sofá e tudo estava normal até que ela pega em minha mão e pede porque eu estava tremendo, sem deixar responder me beijou e disse fica tranquilo estamos sós…com isso acabei revidando o beijo, a partir dai que as fotos ja haviam sido esquecidas, estávamos na maior pegação, tia Neide tinha um beijo muito gostoso, ela levantou e me puxou pelo braço e fomo até o quarto, chegando ela abriu uma gaveta de seu roupeiro e disse, olha quantas sente saudade disso, mas agora você não precisa mais delas.

9 horas da noite avisto uma gata com algumas amigas bebendo num lugar top da cidade, me ve e manda um zap pra chegar lá, continuei na banda, passei de novo me chamou, parei…entraram ela ( roberta ) nome ficticio e mais 2, andanos demos risadas, cantamos e tocamos o terror assim dizendo, 11h30 da noite as duas quiseram ficar onde estavam e as deixei la, a roberta estava com uma mini saia branca, calcinha desenhada na bunda, bem atoladinha, separado bem seu rabo gostoso,coxa grossa e torneada, cabelo preto e longo, ela topa qualquer coisa, e por isso tem minha atenção, siliconada, mulher cavala, tattoada, uma makina de tranzar, emfim, falei pra ela chegarmos na minha casa ou parar em beber, topou na hora, paramos beber conversa vai conversa vem, aquele decote tava me matando, vontade de tirar o pau pra fora e encher aqueles peitos de leite, começamos a falar muita putaria, bar fechando, fomos dar mais uma volta, convidei para ir pra minha casa, topou pq sabia q a putaria ia começar, porém quis passar na sua casa pegar umas ropas pra passar a noite. Marcela e Fran só usam fio dental e a amiga delas também, foram pra piscina, os rapazes foram fazer churrasco junto comigo, começamos todos a tomar cerveja, o dia transcorreu normal, a noite marcamos de ir a cidade ver o mela mela na praça, deixamos as meninas na casa e fomos, já bem entrosados pela bebida e pelo dia juntos, a Marcela de short de malha e um bluzinha sem sutiã, a Fran e a amiga também, chegando lá fomos comprar bebida, elas todas animadas, no mela mela, começou as brincadeiras, notava que tanto o namorado da Fran como o amigo por serem mais jovens eram bem salientes, vez por outra pegavam a Marcela pela cintura e saiam brincando, eu como não achei nada demais, num determinado momento o namorado da Fran abraçou a Fran e Marcela pela cintura e ficou um bom tempo, olhei desconfiado quando vi ele passar a mão boba na sua bunda, ela não fez reação, fiquei só olhando pois os olhos dela brilhava, ele apertava sua cintura puxando pra junto de si, e depois agora descabidamente apertou sua bunda com a mão, notei que ela deu um beliscão nele rindo pra ele, acho que foi a aprovação, fiquei com ciumes, mais inexplicavelmente com tesão também, notei que a Fran estava vendo mais era cúmplice, pois até incentiva a amiga com os olhos, o outro casal estava proximo, acham que estavam vendo pois é muito explicito, mais não esboçavam reação, bom fiquei proximo na minha tomando cerveja e resolvi entra na brincadeira servindo cerveja para eles, disse que iria num bar comprar mais, peguei o isopor e fui, quando voltei acho que eles sabiam que eu não iriam ter nenhuma reação, a Marcela e Fran estavam aguarradas no pescoço dele, Marcela tinha dado um beijo no pescoço dele e ele alisando suas costas, me aproximei coloquei cerveja nos copos deles e continuamos, Marcela vez por outra vinha em minha direção, me dava um beijinho e, voltava pros braços dele, assim ficaram até meia noite quando o mela mela acabou, fomos todos pros carros para volta ao sitio, no carro Marcela notou que eu estava de pau duro, pegou no meu pau, vinha devagar para não bater o carro, ela tirou o pau para fora e disse hum amor esta assim, rapidamente ela tirou seu short, ficando só de calcinha, meteu a mão na buceta e passou na minha boca, olha amor tô toda gozadinha, fiz só ri, ficou me punhetando no carro e dando uns beijinhos, com as pernas abertas e eu com uma mão na sua buceta toda melada, eu disse amor eu vi você e o namorado da Fran, ela riu e disse gostou amor, eu afirmei que sim com a cabeça, ela disse você viu com sou uma putinha amor, eu disse sim e continuou me punhetando, ela disse amor o pau dele tava super duro, ele colocou minha mão e a da Fran em cima dele, quase gozo amor, queria dar pra ele ali mesmo, você deixava amor, eu disse sim quase gozando, ela disse goza amor na mão da sua putinha, gozei quase bati o carro, chegamos no sitio, pois é perto, Marcela desceu para abrir o portão só de calcinha com o carro deles atras, só vi os assobios da turma no outro carro atras do nosso, entrei com o carro e Marcela ficou atras pra fechar o portão, ela não mais vestiu o short, correu pra piscina, tirou a blusa e pulou, a Fran fez o mesmo jeito, fui abrir a casa, o casal novinho disse que iriam pro quarto, então logo estavam Marcela, Fran e o namorado dela na piscina, fui até lá e já como corno disse que iria pegar umas cervejas pra eles e iria me deitar, deixei eles na piscina abastecidos de cerveja e fui pro meu quarto, do quarto dava pra ver a piscina, fastei a cortina e vi que eles estavam juntos rindo, logo vi a Marcela dar um beijo nele, depois o namorado sentou na borda da piscina, Fran e Marcela começaram a dividir o pau dele todas duas chupando, não demorou elas sairam da piscina e Fran sentou no seu pau enquanto a Marcela deu sua buceta para ele chupar, logo vi que Fran gozou e foi a vez da Marcela, deitou-se abriu as pernas e ele meteu na sua buceta com Fran por cima dela e ela chupando a Fran, ficaram assim, depois Marcela ficou de quatro com ela gosta, ele por tras e Fran com a buceta na cara da Marcela, não demorou e ele gozou dentro da Marcela, eu já tinha gozado vendo, demoraram um pouco e vieram pra casa, Marcela entrou no nosso quarto fechou a porta, veio até mim, meteu o dedo na buceta e passou na minha cara, sua puta tá toda gozada amor, foi maravilhoso, assim foi depois conto como foi o restante o carnaval….