Video Porno De Sexo Brasileiro Esposa Cavala Comendo Esposa Vagabunda Um Negao Tarado Do ParÁ

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

Video Porno De Sexo Brasileiro Esposa Cavala Comendo Esposa Vagabunda Um Negao Tarado Do ParÁ

Video Porno De Sexo Brasileiro Esposa Cavala Comendo Esposa Vagabunda Um Negao Tarado Do ParÁ

Enquanto chupa aquele buraquinho maravilhoso, ele coloca dois dedos na boca da minha esposa e ela chupa com o maior tesão.

Ele chegou faltando uns 40 minutos pra eu sair, mas confesso que queria ir embora rápido, ele pediu para eu apresentar o escritório pra ele, fui mostrando, a sala da contabilidade, a do fiscal, a do meu chefe, quando voltamos a minha mesa ele me agarrou e começou a me beijar, feito um louco, um tarado.

E sempre assistia vídeos mais nunca me imaginei praticando.

"Daniel: nossa, que delícia, passa um batom tb, da cor da roupa…Eu: ok… Passei o batom da minha esposa""Olá, me chamo Gaby, tenho 18 aninhos, não acho o meu corpo nada demais, porém sempre recebo elogios.

9 horas da noite avisto uma gata com algumas amigas bebendo num lugar top da cidade, me ve e manda um zap pra chegar lá, continuei na banda, passei de novo me chamou, parei…entraram ela ( roberta ) nome ficticio e mais 2, andanos demos risadas, cantamos e tocamos o terror assim dizendo, 11h30 da noite as duas quiseram ficar onde estavam e as deixei la, a roberta estava com uma mini saia branca, calcinha desenhada na bunda, bem atoladinha, separado bem seu rabo gostoso,coxa grossa e torneada, cabelo preto e longo, ela topa qualquer coisa, e por isso tem minha atenção, siliconada, mulher cavala, tattoada, uma makina de tranzar, emfim, falei pra ela chegarmos na minha casa ou parar em beber, topou na hora, paramos beber conversa vai conversa vem, aquele decote tava me matando, vontade de tirar o pau pra fora e encher aqueles peitos de leite, começamos a falar muita putaria, bar fechando, fomos dar mais uma volta, convidei para ir pra minha casa, topou pq sabia q a putaria ia começar, porém quis passar na sua casa pegar umas ropas pra passar a noite.

Finalmente, o namorado voltou sua atenção pra ela, comendo-a também, enquanto a amiga ficou deitada ao lado, masturbando-se. Ele chupava tanto mas tanto meu grelo que ele ficou inchadinho e minha xotinha toda desbeiçada, eu não conseguia parar de olhar pra ele lá embaixo se deliciando com a minha buceta carnuda e molhada, ele começou a meter dois dedos na minha xaninha enquanto me chupava até sair caldo, eu comecei a rebolar nos dedos dele, e assim seguimos por mais dez minutos, ele levantou quando ouviu uma batida na porta do banheiro, era minha mamãe perguntando se eu estava ali, ele safado, tirou o pau pra fora uma rola grossa preta, e com o cabeção meladinho, e mandou eu ficar de quatro eu não podia pq lá fora estava minha mãe, ele me colocou apoiada na pia, e com o bundão empinado pra ele, e começou a meter no meu rabinho virgem, ele safado um cachorro se aproveitou que eu não podia gritar de jeito nenhum e começou a me enrabar sem dó nem piedade, eu mordia meus braços pra não gritar, ele socava e eu sentia minhas preguinhas do cu apertado se abrirem, a dor foi amenizando e a ideia de saber que eu tava sendo fodida enrabada por um macho gostoso, safado, e experiente lá dentro do banheiro enquanto meus pais estavam lá fora me procurando me deixou mais excitada, todos preocupados comigo e eu dando meu rabo gostoso, foi quando eu ouvi meu pai gritar meu nome desesperado, ligava pro meu celular que tinha ficado no meu quarto, e nisso eu senti a porra quente e gostosa do negão caralhudo escorrer cuzinho à baixo… que transa gostosa, pena que foi rápido, mas vamos marcar a próxima""Depois que minha mãe saiu ficamos vendo filmes e ele sempre me olhava. Afastei meu corpo ligeiramente, para ter um pouco mais de espaço e sem deixarde beijá-lo, abri alguns botões da sua camisa e comecei a passaras mãos em seu peito, sentindo que ele estava sendo dominado pela minha ousadia. Fui ao banheiro me molhei e voltei com a langerie colada e transparente, aflorando uma extrema sensualidade vagabunda.

Assistimos o inicio de um filme porno bem abraçados. – Não tem jeito, papi…os amantes europeus não são como os brasileiros… aliás, não são como você, o melhor de todos.